5 qualidades das Organizações Sociais Conectadas
03 de Julho de 2017 às 07:00
Recentemente, como parte do processo de produzir o primeiro fascículo da Coleção Mobiliza, fizemos um grande mergulho para discutir quais são os desafios das organizações da sociedade civil do século XXI. Conversamos com uma série de especialistas, pesquisadores e empreendedores sociais.
 
Em resumo, chegamos a 5 qualidades dessas organizações que, em nossa visão, indicam o futuro:
 
1. IDENTIDADE: Atuam com causas relevantes, têm genuína ligação com as agendas adotadas e estão atentas a temas emergentes. Temáticas como mudanças climáticas, mobilidade urbana, controle social, participação política, gênero, refugiados estão na pauta dessas organizações. 

2. VALORES E PESSOAS: Possuem valores claros, que inspiram atitudes, mobilizam pessoas e provocam ações transformadoras. Os valores defendidos pela organização são vividos pelas pessoas que conduzem a organização. 

3. GOVERNANÇA E PROCESSOS: São flexíveis, inovadoras e menos hierárquicas. A tecnologia e a comunicação estão na essência de sua estratégia. São simples, usam as redes sociais e a tecnologia como instrumento para ampliar seu impacto social.

4. FINANCIAMENTO: Têm modelos de financiamento alinhados ao seu propósito. Procuram relações de troca e retroalimentação. Pode ser um negócio social ou uma organização que baseia seu modelo de financiamento em doações – o importante é que o modelo seja sustentável e, se possível, capaz de ampliar paulatinamente sua escala e, ao mesmo tempo, ser capaz de entregar o impacto desejado para o público que mais necessita. 

5. RELACIONAMENTOS: Entendem-se como parte de um ecossistema de impacto coletivo. Sabem se relacionar e construir uma forte rede de apoiadores. São organizações que trabalham juntas, compartilham recursos, participam de redes, são organizações “esponja” (no sentido de se deixarem influenciar pelo sistema que participam), não organizações “fortaleza” (que se fecham em seu próprio mundo). 

No dia 21/06, lançamos o Coleção Mobiliza e o primeiro fascículo, com o tema Organizações Sociais Conectadas, detalha essas qualidades. Se quiser se aprofundar no tema, baixe gratuitamente o primeiro fascículo no www.mobilizaconsultoria.com.br.


Rodrigo Alvarez é Sócio Proprietário da Mobiliza. Administrador de Empresas, com Especialização em Fundraising pela Indiana Fundraising School, formação em Processos de Desenvolvimento pelo PROFIDES/Instituto Fonte e em Pedagogia Social pela Associação Brasileira de Pedagogia Social de Base Antroposófica. Atua há 20 anos com gestão e captação de recursos. Foi um dos fundadores da ABCR – Associação Brasileira de Captadores de Recursos e é membro do Conselho Consultivo do Rogare – Centro de estudos internacional que pesquisa, entre outras coisas, sobre o futuro da captação de recursos no mundo. 
 
 
 
 

 
 
 
 


Publicado por

Notícias mais populares

Profissional captador
A captação de recursos é fundamental para a sustentabilidade de uma organiza&cc...
Fontes e técnicas
Não importa se é um jantar, um bazar ou um leilão. Eventos de captaç&ati...