Veja cinco dicas para tornar seu projeto mais atraente aos olhos de potenciais financiadores
29 de Março de 2017 às 07:00
O Mapa das Organizações da Sociedade Civil, cuja nova versão acaba de ser publicada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), indica que há mais de 390 mil OSCs no Brasil. Nesse mar de instituições, um simples detalhe pode fazer a diferença na hora de captar recursos para um projeto.

Para ajudá-lo a construir uma proposta atraente e conseguir a atenção de potenciais apoiadores, a Captamos conversou com o consultor em terceiro setor Ricardo Falcão, professor do curso de Elaboração de Projetos e Captação de Recursos do MBA em Gestão Cultural e em Gestão Social da Universidade Candido Mendes. Confira as dicas do especialista.
 
1)Saiba o que o financiador quer
 "Na hora de escrever seu projeto, faça uma pesquisa prévia na internet e em redes sociais para saber o que o financiador valoriza. Busque também saber se o investidor social tem modelos pré-definidos de inscrição e procure conhecer outras iniciativas que ele já tenha apoiado."
 
2) Apresente detalhes em anexo
"Não coloque detalhes no corpo do texto principal do projeto, que deve apresentar apenas as informações mais fundamentais, como as ações que irá fazer e uma visão geral do orçamento. Deixe os detalhamentos para o anexo. Se o financiador quiser, ele poderá ler esse conteúdo."
 
3) Equilibre técnica e emoção
"O texto do projeto precisa equilibrar apelo emocional com uma postura técnica. No caso de pessoa física, a emoção até funciona. Mas investidores sociais mais estruturados vão prestar também atenção em outros fatores que mostrem capacidade de cumprir o que está escrito."
 
4) Seja conciso
"Projeto não foi feito para demonstrar cultura. Não adianta ficar repetindo coisas para mostrar conhecimento e nem usar linguagem rebuscada. É um plano de negócios. Seja objetivo e direto na sua abordagem."
 
5) Busque parcerias
"Organizações novas penam, pois os financiadores procuram muitas vezes quem já tem experiência. Uma solução é buscar parcerias com instituições maiores em projetos e, assim, começar a ter o que mostrar aos investidores sociais."
 
 


Notícias mais populares

Fontes e técnicas
Há quem se arrepie só de ouvir falar em telemarketing, mas apesar da aparente má...