Estratégia 2: apoiadores de causas - parte 1/3
27 de Março de 2017 às 07:00
Nesta estratégia principal veremos empresas, pessoas e organizações que aportam recursos financeiros, materiais e humanos pela causa da OSC sem a necessidade de mostrar um ou escrever um projeto.
 

 
Analisando a tabela acima nas estratégias secundárias, a questão que irá separar o médio do pequeno doador será a ferramenta, a forma ou tática de entrar em contato. Ela será mais importante do que o valor da doação e de sua periodicidade. Para os grandes e médios doadores iremos marcar uma visita e apresentar uma solicitação de doação ou patrocínio pessoalmente, em geral valores acima de R$ 5 mil por ano. Já para mobilizar recursos junto aos pequenos temos a nossa disposição várias ferramentas explicadas adiante.

GRANDES E MÉDIOS DOADORES COM VINCULO À CAUSA, PESSOAS OU REGIÃO
 
Grandes doadores (major donors) sejam empresas ou pessoas físicas, são fontes de recursos que podem investir em iniciativas sociais ao longo de todo o ano. Normalmente investem em projetos específicos de organizações sem fins lucrativos e têm interesse em associar a marca ou a imagem ao investimento. Por isso exigem profissionalismo das organizações, tanto no aspecto da apresentação e identidade visual dos projetos, quanto na prestação de contas, bem como nos indicadores de resultado.
 
    
Nessa estratégia serão considerados alvos das campanhas:
  • Fontes com capacidade contributiva acima de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) por ano, com ou sem incentivo fiscal.
  • Fontes que exijam uma ou mais visitas para selar o apoio financeiro.
  • Principalmente empresas e pessoas físicas com algum vínculo, (por exemplo, amigos) com a OSC, em virtude das particularidades da organização ou pela relação com seus gestores ou envolvimento com a causa.
 Outras fontes que possam ter identidade com a causa da OSC.
 
Observação: nessa estratégia não estão consideradas fontes de recursos que recebam solicitações por meio de editais, mas somente aquelas que serão acessadas pessoalmente.

A solicitação de recursos de investidores sociais deve estar baseada na qualidade dos serviços que a organização destina a seus beneficiários diretos e indiretos.

Além disso, especialmente quando se solicita recursos de empresas, deve-se levar em conta o foco de investimento social das mesmas, assim como as contrapartidas proporcionadas a essas empresas (reciprocidades). Outra característica exigida por doadores de quantias elevadas é o oferecimento de incentivos fiscais pelas OSCs. Podendo misturar esta estratégia com a estratégia abordada no artigo anterior (elaboração de projeto – Incentivos ficais).

É possível que grandes doadores queiram apoiar as iniciativas da OSC em troca de alguns benefícios, sendo necessário, então, que a organização tenha um estudo prévio de quais benefícios irá oferecer a estes. Isso inclui, muitas vezes, custos que não estavam previamente orçados (espaços na mídia, placas, eventos, palestras, produtos institucionais, incentivos fiscais etc.).

Independentemente de benefícios, é também possível um investidor de grandes quantias desejar apoiar financeiramente a OSC caso considere que seus projetos e atividades têm credibilidade e transparência, além de identificar-se com a causa proposta.

É importante ressaltar que mesmo quando os recursos são solicitados a uma empresa, os membros da organização estarão, na verdade, falando e tratando com pessoas. Indivíduos que se entusiasmam, se emocionam e se identificam com a atuação organizacional.


**A continuação deste artigo será publicada na Captamos no dia 24/04/2017.


 
Michel Freller empreendedor social, palestrante, professor, consultor e facilitador. Mestre em Administração pela PUC-SP, atua junto as OSCs com ênfase em planejamento e mobilização de recursos com e sem incentivos. Fundador da Criando Consultoria ltda.

 


Publicado por

Notícias mais populares

Gestão
Em agosto de 2017, a revista ÉPOCA e o Instituto Doar divulgaram a primeira ediç&...
Contexto e tendências
Criado para tornar mais transparentes as parcerias entre a administração públic...
Profissional captador
A captação de recursos é fundamental para a sustentabilidade de uma organiza&cc...