Dia Nacional do Voluntariado: Reconhecer e Celebrar
27 de Agosto de 2018 às 07:00
O Voluntariado genuíno e verdadeiro não é a busca ou expectativa de benefícios econômicos ou financeiros; muito menos o poder ou a vaidade de quem o realiza. É sim consciência e responsabilidade individual. Baseado em valores éticos é oportunidade de ação cívica, distribuição de habilidades pessoais e únicas e doação de seu próprio tempo.

No dia 28 de agosto, em todo o nosso Brasil, vamos celebrar e reconhecer quem se compromete verdadeiramente com a causa do voluntariado.

O Dia Nacional do Voluntariado foi instituído em 1985, pela Lei de Nº 7.352/28.08.85. Desde então, tornou-se um dia especial ao reconhecer e destacar organizações da sociedade civil, causas, projetos, programas e pessoas que se dedicam ao Voluntariado.

No Brasil, o voluntariado cresce e ganha importância, ocupamos a quinta posição entre os países com o maior número de voluntários, no Índice de Solidariedade 2017 (Giving Index). Existe propósito e vontade de participar e colaborar, mas ainda pouca avaliação e escuta dos resultados. Quando em 2011 se realizou a pesquisa sobre o perfil do Voluntário Brasileiro, (Rede Brasil de Voluntariado e IBOPE) a maioria dos voluntários (77%) declarou estar totalmente satisfeita com o serviço voluntário que realizava, com destaque para os resultados dos voluntários com mais de 50 anos (83% totalmente satisfeitos). Mas quando perguntados porque não 100% satisfeitos, duas frustrações pairavam sobre o assunto. A primeira era uma ausência de pertencimento: “não me sinto parte, realmente incluído na causa, na OSC, no programa”. A segunda questão que desapontava em relação ao grau de satisfação do voluntário era o conhecimento dos resultados.

Em um Programa de Voluntariado organizado demanda a inclusão de forma clara, transparente e muito bem comunicada de toda a contribuição que cada um dos voluntários oferece e certamente medir, avaliar, supervisionar esses resultados. E assim, com eles em mãos, fundamental valorizar, reconhecer e celebrar, o que foi alcançado. Sabemos que é o resultado conta a história toda, mas “o caminho se faz ao caminhar”.

O dia 28 de agosto, enaltece e promove a causa, o conceito do Voluntariado, e nacionalmente reconhece a importância e a contribuição que promove na Nação. Cada etapa, cada energia e tempo doado no dia a dia de cada um dos voluntários, que se unem em nome do bem e que fazem toda a diferença deve ser festejado.

Referências bibliográficas:

https://voluntariadoempresarial.org.br/2017/08/28/28-de-agosto-dia-nacional-do-voluntariado/

http://www.idis.org.br/world-giving-index-2017/

https://pt.slideshare.net/RedeBrasilVoluntario/voluntariado-no-brasil-ibope


 

Silvia Maria Louzã Naccache é Palestrante e Consultora na área de Voluntariado e Terceiro Setor, Responsabilidade Social.  É responsável pelos projetos e conteúdo de Voluntariado e Voluntariado Empresarial da Rede Filantropia; coordenou por 14 anos o Centro de Voluntariado de São Paulo-CVSP. Articula parcerias com organizações da sociedade civil, governos, escolas, universidades e empresas. Organiza, ministra efacilita cursos, palestras, oficinas e eventos. É Conselheira voluntária da Associação Vaga Lume e voluntária como Regional Voice Lead do Movimento Impact 2030. Membro organizador do Grupo de Estudos de Voluntariado Empresarial. Graduada em Ciências Biomédicas pela Universidade Federal de São Paulo - UNIFESP. 



Publicado por

Notícias mais populares

Gestão
Em agosto de 2017, a revista ÉPOCA e o Instituto Doar divulgaram a primeira ediç&...
Contexto e tendências
Criado para tornar mais transparentes as parcerias entre a administração públic...
Profissional captador
A captação de recursos é fundamental para a sustentabilidade de uma organiza&cc...